domingo, 30 de junho de 2013

Opinião de Neil Gaiman sobre o novo Doutor

"Don't Blink. Blink or you are dead. They are fast, fast than
can you belive. Don't turn your back. Don't Blink... Good Luck
- David Tennant as 10° Doctor"
   Há poucos dias atrás foi iniciada um questionamento de quem seria o 12° com listas, cortes e etc e praticamente na mesma época houve um pronuncimento de Neil Gaiman sobre o assunto, o mesmo responsável pelo episódios Doctor's Wife e Nightmare on Silver e também de livros fantásticos como Lugar Nenhum, Os filhos de Anansi e a hq, Sandman (sim, eu sou um fã).
   O Sr. Gaiman foi questionado por um usuário do tumblr, torchyvalentine com a seguinte: “O que diria sobre Sir Ian Mckellen pegando o reinado do 12º Doctor? A propósito, quem você acha que seria um bom ator para o personagem?”
*Nota: O Sir Ian Mckellen é o famoso Gandalf/Magneto que conhecemos, o mesmo não foi incluído em nossa lista, mas é digno de nota para se dizer que não é uma escolha normal de elenco e por isso não foi posto, assim como outros, mas entendo quando dizem que Billie Piper ou o nosso Sherlock também não são escolhas habituais.
   A resposta do fã de Doctor Who, Neil Gaiman, foi a seguinte:
“Acho que se você tivesse me perguntado quem deveria ter sido o 11º Doctor há 5 anos atrás, eu não teria listado o Matt Smith, porque eu não sabia quem ele era ou do que era capaz, e se você perguntasse quem deveria ter interpretado Sherlock Holmes numa releitura nos tempos modernos, à mesma época, eu não teria dito  Benedict Cumberbatch, porque eu também não sabia quem ele era.Eu realmente gosto quando O Doctor é um ator relativamente desconhecido, ou um sem um grande papel que o tornou famoso. Uma estrela, como Sir Ian, traz consigo todos os outros papéis que já interpretou à tona quando atua. Assistir John Hurt como o (spoiler) no final de “The Name of the Doctor”, significou que esse é um certo tipo de papel com um certo tipo de importância, e você entende que John Hurt trouxe consigo tudo isso (inclusive ser o John Hurt), assim como Derek Jacobi fez com o Master. Mas eu gosto de ver O Doctor como O Doctor, e um ator que não traz bagagem é uma grande coisa. Uma estrela esperando pra brilhar. Então eu não quero ver Helen Mirren ou Sir Ian McKellen ou Chiwetel Ejiofor, ou qualquer outro nome famoso que as pessoas estão sugerindo.Eu quero ver o Doctor. Eu quero ser surpreendido. Eu quero apontar pra uma foto da pessoa e dizer “mas como aquele pode ser o Doctor?”. Então eu quero estar incrivel, maravilhosa e completamente errado, e seis episódios depois, eu quero me perguntar como pude ser tão cego. Porque esse é o Doctor. Claro que é.”
   Eu concordo realmente com o Neil, mesmo que não pareça quando eu posto a minha lista de possíveis Doutores, desde o Christopher Eccleston e pode-se dizer desde o 1° Doutor, a escolha de elenco nunca foi de acordo com a sua famosidade, tendo exceçoes como Catherine Tate ou Billie Piper, que já tinham uma pequena fama antes de Doctor Who e eu acho que é isso que faz desta série tão especial, a escolha imprevisível de elenco. Mudando um pouco de assunto, eu admito que odiei o Matt Smith da primeira vez, clamava para que a regeneração "daquele homem desconhecido" viesse logo, mas em pouco tempo eu comecei a adorá-lo e acho que é bem provavel que nenhum daquela lista de apostas seja escolhido, por que eu particularmente já tenho um vínculo com Martin Freeman ou com a Emma Watson e durante a série, o mais interessante é o que nos criamos com cada companion e Doutor, essa simpatia e saudade quando o mesmo se vai. Mas não é crime nos questionarmos e desejarmos ver um conhecido lá, seria legal, assim como ver um cara ou mulher desconhecidos que logo se tornem amados.


~Rory