terça-feira, 16 de julho de 2013

Entrevista com Murray Gold



Como alguns sabem e já foi visto aqui, sobre a trilha sonora de Doctor Who, Murray Gold é um dos compositores e talvez um dos que mais marca a história de Doctor Who, por causa da música I am the Doctor, que para mim, sempre me dá aflição quando escuto. Escute ela toda, logo abaixo:






Indo direto ao ponto, o compositor fez uma "longa" entrevista e eu vou fazer um pequeno resumo, pegando as perguntas mais interessantes e etc, para quem quiser lê-la entre no site DenofGeek, mas já avisando esta em inglês, clique aqui. E abaixo veja a entrevista:


1° Quais foram os seus quando soube da saída de Matt Smith?

Eu pensei "Isso significa que teremos muito trabalho", eu pensei "Oh Meu Deus! Será que não iremos mais escutar I'm the Doctor" [Risos] Eu logo pensei "Será que poderemos usar essa musica para o próximo Doutor?" Ela (se referindo a musica) não pode estar lá, até o Matt estar lá novamente e espero que esteja em uma versão de história multi-Doctor. Será que ouviremos I'm the Doctor no especial de 60 anos? [Risos].

2°Já começou a pensar na música do 11th de regeneração?
Não. Porque essa é a única parte de o que quer que ocorra com o Especial de Natal, nós já tivemos essa música antes. Eu tenho a música escrita para seqüências de regeneração. Se ele acaba sendo uma hora de episódio, então eu recebo cerca de cinquenta minutos de música, com a Orquestra Nacional do País de Gales. Se o episódio torna-se uma hora de quinze [minutos], por exemplo, normalmente têm de encontrar quinze / 20 minutos de música de uma outra fonte que não seja o mais recente sessão. Então, se houvesse uma seqüência de regeneração e eu estava sem música de orquestra, eu poderia preenchê-lo a partir de outra seqüência de regeneração, a música que eu quero dizer.
Eu ainda acho que a música da regeneração no episódio treze, da primeira temporada [Bad Wolf] é a música de regeneração.
3° Não poderia ser Vale Decem (Musica de regeneração do Tennant)?


(Nessa parte ele diz que não tem certeza do que pode ocorrer e que apenas como o Steven Moffat vai escrever é que saberemos o que pode ocorrer, tendo musica ou apenas efeitos sonoros) Escute Valem Decem logo abaixo:






4° Você já pensou sobre a musica do 12th do túnel?

Isso, eu definitivamente, já andei pensando. Acho que talvez eu deva "linkar" com o tema do 11th de alguma forma. Ainda não sei como. Mas eu ainda tenho que esperar para ver. E não sei se posso por I'm the Doctor em alguma parte do episodio. Novamente, depende do elenco e do primeiro episódio.


5° Você acha que o 12th pode ser uma mulher?

Se fosse uma mulher poderia ser realmente interessante. Quem disse que talvez ela não tenha também uma companheira mulher? Não existe história que não possa ser escrita para Doctor Who. Para mim, o importante é que tenha inteligencia, charme e imaginação, todo o resto é menos importante. A série pode ser imaginada de qualquer forma, graças aos ótimos escritores da mesma.

6° Quando o Steven Moffat disse querer deixar o seu local na série, quem você acha que pode pegar o desafio?

Richard Curtis. Neil Cross. Tenho certeza que há várias pessoas que adorariam fazer isso.
Neil Cross, famoso por
MAMA,
o filme e Luther, a série 

Richard Curtis famoso por Mr. Bean.





















7° Alguma coisa que você possa compartilhar conosco sobre o Especial de Aniversário de 50 anos?
Existem várias coisas interessantes sobre, mas eu não posso dizer nada delas. Está muito bem dirigido. Há uma coisa que eles fizeram nele, que pode ser contraditório... É um pensamento interessante.

8° Usou algum tema classico nele?

Então, sim. Eu sou muito nostálgico e ainda mais com a vinda de David e o a saída do Matt, provavelmente veremos algo do tempo do David.

Então gente, após estas perguntar, Murray começou a falar mais sobre o atual, sobre Steven Moffat e Russel T Davis. Acho legal vocês lerem, é que o texto é um pouco grande e acho que não faria juz as palavras. O que está acima é só um pequeno resumo do principal que ele disse sobre o Especial de Natal, as regenraçoes e o futuro de Doctor Who.

E como eu disse, para quem quiser ler tudo, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário